30/03/2020 às 12h38min - Atualizada em 30/03/2020 às 12h38min

Produção de artesanato via WhatsApp

Monitoras estão tirando dúvidas e informando sobre as novidades preparadas pelo setor

Divulgação

Diante da quarentena aplicada pelo Governo do Estado e Prefeitura Municipal de Criciúma para conter a contaminação do novo coronavírus (covid-19), a Associação Feminina de Assistência Social de Criciúma (Afasc), não tem realizado suas atividades de forma presencial. Para não deixar de prestar atendimento a população, a entidade tem utilizado as redes sociais para propagação de atividades. Seguindo essas orientações, as monitoras dos Clubes de Mães da Afasc, estão passando informações as participantes sobre a produção de artesanato por meio do WhatsApp.

Segundo a coordenadora do departamento de Clube de Mães, Nézia João Pereira, as participantes do serviço tem se mostrado muito satisfeitas com a possibilidade de mesmo em casa, continuar produzindo. “A Afasc está seguindo as orientações governamentais, mas não podemos deixar de auxiliar nossas mães nesse momento. O artesanato ajuda a distrair nesse momento em que as mães não podem sair de casa. Todas as nossas monitoras estão conversando com as participantes de seus grupos tirando dúvidas e mostrando novas peças”, relata.


Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Contato direto
Comercial
Comercial