23/03/2020 às 22h44min - Atualizada em 23/03/2020 às 22h44min

Polícia Civil fecha fábrica clandestina de álcool em gel, em Criciúma

Divulgação/PC

Mais uma fábrica clandestina de álcool em gel foi fechada pela Polícia Civil, em Santa Catarina. Desta vez, foi em Criciúma, na tarde desta segunda-feira, 23. No domingo, a Polícia Civil já havia havia fechdo um local em Joinville.

A ação em Criciúma foi após denúncia anônima. O álcool em gel estava sendo fabricado com utilização de álcool de posto (etanol) e gel de cabelo. O produto estava sendo fabricado em uma residência no loteamento Bittencourt, no bairro Argentina.

A fiscalização foi em cumprimento ao decreto 515/2020, que trata das medidas restritivas para frear a proliferação do novo coronavírus no estado. Ao chegar no local, a equipe da Polícia Civil foi recebida por um homem, que negou a fabricação do álcool em gel, mas em seguida levou os policiais aos fundos de sua casa, onde mostrou alguns utensílios, embalagens de gel de cabelo vazias e contendo etanol, além de álcool em gel (sem etiquetação) já preparados para venda.

O homem disse que fabricava o produto e vendia conforme a solicitação por aplicativo de mensagens e telefone. Ele foi conduzido para a Central Regional de Plantão Policial (CRPP).


Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Contato direto
Comercial
Comercial