22/03/2020 às 12h42min - Atualizada em 22/03/2020 às 12h42min

Vacina contra gripe começa nesta segunda-feira

Divulgação

  

Os idosos são o principal grupo de risco nesta batalha contra o coronavírus por terem possibilidade de adoecerem gravemente se contaminados. Por isso, a Secretaria de Saúde de Cocal do Sul adorará uma estratégia diferente para a campanha de vacinação contra a Gripe A que inicia nesta segunda-feira, 23.  

 

Em vez de concentrar a vacinação nas unidades de saúde, os profissionais irão imunizar os idosos com 60 anos ou mais no Centro Pastoral da Igreja Matriz. Três salas de catequese serão disponibilizadas para o atendimento, das 8h às 11h30 e das 13h às 16h, se segunda a sexta-feira.    

  

A Secretária de Saúde, Sinara Crippa Milanez ressalta que a medida busca afastar os idosos do risco de contrair o novo coronavírus.  

 

“O acesso será controlado logo na frente do prédio para não haver aglomeração. Um profissional estará disponível na recepção apenas para aplicar álcool em gel como recomendação de proteção.  Para receber a dose não será permitido acompanhante, a menos que o idoso seja portador de alguma necessidade”, explica.  

  

A enfermeira responsável pela Vigilância Epidemiológica, Gilmara Viel também enfatiza que os idosos não precisam se precipitar para tomar a vacina. “Não há motivos para tumulto nos primeiros dias. A campanha vai até o dia 22 de maio. É importante destacar que a vacina contra influenza não tem eficácia contra o coronavírus, mas ajudará o idoso a não pegar uma gripe mais forte e deixá-lo menos imune e suscetível ao corona. Neste momento, ela também auxiliará os profissionais de saúde na exclusão do diagnóstico para coronavírus, já que os sintomas são parecidos”, pontua.  

  

Todos os idosos deverão apresentar a carteirinha de vacinação. A etapa seguinte da campanha terá início no dia 16 de abril com objetivo de vacinar doentes crônicos, professores (rede pública e privada) e profissionais das forças de segurança e salvamento. A última fase, que começa no dia 9 de maio, priorizará crianças de 6 meses a menores de 6 anos, pessoas com 55 a 59 anos, gestantes, puérperas (até 45 dias após o parto), pessoas com deficiência, povos indígenas, funcionários do sistema prisional, adolescentes e jovens de 12 a 21 anos sob medidas socioeducativas e população privada de liberdade. 


Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Contato direto
Comercial
Comercial