21/03/2020 às 17h02min - Atualizada em 21/03/2020 às 17h02min

Governo do Estado autoriza entrada de veículos de transporte coletivo para repatriar turistas

Divulgação

A Secretaria de Estado da Infraestrutura e Mobilidade (SIE) autorizou a entrada em território catarinense de veículos de transporte coletivo e de fretamento vindos de outros países para repatriar turistas que estão em Santa Catarina e precisam retornar para casa. 

 

Para entrar no estado, os ônibus devem estar vazios. Os veículos serão escoltados até o local onde os turistas irão embarcar e o retorno deverá ser imediato ao país de origem. As empresas catarinenses de transporte coletivo que tenham linhas para outros países também estão autorizadas a levar os turistas de volta ao seu país - sempre com o retorno vazio, sem passageiros. 
 

"Essa é uma medida necessária para solucionar um problema pontual e garantir que as pessoas possam ser repatriadas pelos seus países ou local de origem", explica o secretário da Infraestrutura e Mobilidade, Thiago Vieira. 
 

O decreto 521 publicado na última quinta-feira, 19, pelo Governo de Santa Catarina proibiu a "circulação e o ingresso, no território estadual, de veículos de transporte coletivo de passageiros, interestadual ou internacional público ou privado, e de veículos de fretamento para transporte de pessoas". 
 

O presidente da Agência de Desenvolvimento do Turismo de Santa Catarina (Santur), Mané Ferrari, destaca como o estado é receptivo aos turistas, porém, neste momento, reforça a necessidade da medida para restringir a entrada de pessoas vindas de outras localidades. "É importante que os turistas, que sempre são bem-vindos aqui em Santa Catarina, tenham o entendimento do momento que estamos enfrentando, não só no nosso estado, mas também no mundo. Essa é uma medida necessária para que, em breve, todos possam retornar", garante. 
 

Todos os dados oficiais e notícias do Governo do Estado são atualizados no site www.coronavirus.sc.gov.br 

Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »

Qual melhor candidato?

55.0%
26.4%
18.6%