20/12/2020 às 13h27min - Atualizada em 20/12/2020 às 13h27min

Musical Sonho de Natal mostra o talento de jovens sul-cocalenses na arte teatral

Realizado pela Escola Jonatas João, espetáculo encantou pessoas de todo Brasil e até da Argentina, em live transmitida na noite deste sábado (19).

Ana Paula Nesi
Fotos: Ana Paula Nesi
O talento de vários jovens sul-cocalenses pôde ser contemplado no Espetáculo Musical SONHO DE NATAL. Realizado pela Cia Jonatas João, o evento foi transmitido ao vivo, no canal oficial do da escola no YouTube, na noite deste sábado (19). A transmissão que já conta com mais de 2 mil visualizações, foi assistida por pessoas de vários locais do Brasil e também da Argentina. “Esse projeto foi muito mais além de mim. Ele tomou uma proporção que ultrapassou Cocal do Sul, ultrapassa toda a nossa região e hoje estamos sendo referencia na região sul de Santa Catarina”, conta emocionado, o fundador e professor da escola, Jônatas João Corrêa.
 
Com uma trama emocionante e cheia de reviravoltas, que se passa em um ambiente familiar, Sonho de Natal conta a história de Júlio, um adolescente que perdeu sua mãe quando criança e questiona o pai, seu Pedro, sobre o espírito natalino. O jovem que não entende o porquê de tantas boas ações no último mês do ano, quando estas deveriam ser rotineiras, sente uma grande mudança após uma visita mágica, capaz de transformar sua percepção.
 


A peça, com pouco mais de 40 minutos de duração, emocionou quem assistia e provou que o teatro pode ultrapassar as barreiras impostas pela pandemia do Coronavírus, que limitou o contato, o acesso presencial aos espaetáculos  e também as aulas. “Teatro é toque, teatro é presença, e a gente teve que ultrapassar barreiras com eles”, conta João, lembrando que muitas vezes, nas aulas que foram on-line até o mês de outubro, os alunos enfrentavam obstáculos. “As vezes eles falavam baixinho para não atrapalhar os pais no quarto ao lado com o barulho”, conta o professor e fundador da escola.
 
A CIA JONATAS JOÃO
 
Após o espetáculo, Jonatas agradeceu ao público, mas também lembrou os desafios neste um ano que a companhia completou em atividade no município. “Nossos alunos, nossos professores, eles acreditara em mim. Um jovem, 24 anos, saiu com um projeto de teatro, um projeto de uma escola, sem ter uma equipe, um aluno, um local”, diz, afirmando que o projeto, ele primeiramente foi inspirado por Deus. “A gente sempre coloca Deus a frente de tudo e ter essa equipe de professores comigo, a Keyla que sonha e vive a música, a dança, a expressão corporal, que cobra muito dos alunos; o Marcel que é maquiador, figurinista, que é pai, é tudo para nós; a Marilia que é nossa psicóloga, que muitas vezes o silencio dela fala com os alunos; as conversas com os pais que nos apoiam, que estão junto conosco; os alunos...”, cita João em agradecimento.



Para o professor é mágico acompanhar a transformação de cada aluno. “O teatro é trabalhado de dentro para fora e neste um ano, eles se transformaram, eles estão em um processo de transformação ainda, estão se adaptando a vida e criando coragem para enfrentar o ‘eu’ deles, porque esse é o objetivo da escola”.

 A grande novidade divulgada e comemorada na noite, foi o anuncio de que em 2021, a Cia Jonatas João ganhará um espaço próprio para as atividades. “O nosso anfiteatro, cineteatro, com todos os materiais, com cadeiras, iluminação, telão, projetor, cortina, camarim e tudo que uma sala de aula, uma sala de pesquisa teatral tem que ter”, comemora o fundador.

 A escola que hoje conta com 15 alunos, deve abrir mais três turmas no próximo ano. “O projeto está crescendo, se expandindo e nós temos grandes parceiros e patrocinadores junto com a gente e que acreditam nessa transformação da arte”, comenta.
 

 
OS ATORES E ALUNOS
 
Eduardo de Mello Olinda, tem 16 anos e foi o Júlio, no musical desta noite. O jovem conta que está na escola desde a primeira audição, movido pela paixão pela arte. “Minha paixão pelo teatro veio por meio de desenhos graças às dublagens, pois sempre fiquei maravilhado com o trabalho que os dubladores fazem, sem contar a música que é algo que eu amo muito, tanto que eu até escrevo algumas”, lembra.

Para ele, a arte é um grande aprendizado para a vida “Ele me ensinou que eu consigo ser eu mesmo com outras pessoas; me ensinou a acreditar e confiar; me fez ter uma visão mais otimista da vida, não apenas nesses cenários ruins, e que sempre terei com quem contar nos momentos difíceis”, cita o ator que fala sobre a visibilidade que uma live como essa traz. “Eu acredito que ela foi uma oportunidade para reconhecimento do município, sendo uma forma de dar destaque a cidade mostrando que, por menor que ela seja, é um lugar onde todos tem esperança de que, um dia, terão o reconhecimento pelos talentos aqui existentes”, declara.


 
Outra aluna e atriz da escola é Arianne Domingos Apolinario, que aos 16 anos ganhou a bolsa para estudar na Cia desde a abertura em 2019. “Nunca havia feito Teatro antes, mas tinha uma grande curiosidade em saber como era a experiência. A Escola de Teatro foi uma nova porta que se abriu para mim e uma grande oportunidade para a minha vida”, lembra ela, que interpretou um anjo no musical Sonho de Natal.

“O Teatro me ajudou muito em relação a insegurança, onde eu consegui da um grande passo em me apresentar em público. Ajudou a enfrentar os meus medos, e me tornou uma pessoa diferente, com mais maturidade e responsabilidade”, conta.

A jovem, menciona ainda o amor pela musica, oportunidade que a escola também trouxe, tanto que ela, pôde mostrar sua paixão pela arte do canto, na apresentação deste sábado. “Desejo levar isso a fundo e entrar cada vez mais nesse mundo, que é a minha paixão, a música. No Teatro é aonde eu consigo expressar e controlar meus sentimentos, onde consigo me permitir e mostrar quem eu realmente sou”, finaliza.
 
Lei de Incentivo à cultura
 
A Escola Jonatas João foi um dos cinco projetos beneficiados pela Lei de Emergência Cultural Aldir Blanc (Lei nº 14.017/2020). Através do edital II no valor de R$ 18 mil, que preveu a compra de cinco projetos culturais para o município. Onde qualquer cidadão que trabalhasse com cultura dentro de Cocal do Sul poderia se inscrever. Os projetos poderiam ser on-line ou presenciais, desde que respeitassem as normas da Organização Mundial do Saúde (OMS) referente a pandemia da COVID-19.
 
O setor da cultura foi muito afetado com a pandemia de covid-19 e a ajuda financeira veio em bom momento, segundo o fundador e professor da escola Jonatas João. “O impacto foi muito grande. A nossa escola é uma escola particular onde oferecemos bolsa 100% para os alunos e a gente vive e sobrevive de eventos para pagar todas as despesas, e com a ajuda da própria comunidade”, conta, lembrando dos benefícios alcançados com o auxílio financeiro. “Como citamos muito Deus em nossa escola, podemos dizer que esse incentivo veio como uma Graça, porque assim pudemos contratar som, iluminação e a equipe da transmissão que contou com três câmeras transmitindo o espetáculo”, declara.
 
Confira as fotos dos bastidores e do espetáculo.

 
 

Musical Sonho de Natal mostra o talento de jovens sul-cocalenses. Confira as fotos dos bastidores e do espetáculo....

Publicado por Portal Cocal em Domingo, 20 de dezembro de 2020



Assista ao espetáculo na integra:


Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Contato direto
Comercial
Comercial