09/12/2020 às 08h00min - Atualizada em 09/12/2020 às 08h00min

​Ademir Magagnin representará AMREC na assinatura do protocolo de intenções pela vacina Coronavac

Solenidade de assinatura do protocolo de intenções para viabilização da aquisição das vacinas junto ao Instituto Butantan ocorre nesta quinta-feira (10), em São Paulo.

Ana Paula Nesi
Foto: Divulgação.
O Prefeito de Cocal do Sul e Presidente da Associação dos Municípios da Região Carbonífera (AMREC), Ademir Magagnin, estará em São Paulo, nesta quinta-feira (10), como um dos representantes da região, na solenidade de assinatura do protocolo de intenções para viabilização da aquisição das vacinas Coronavac, junto ao Instituto Butantan.
A iniciativa é da Federação Catarinense de Municípios (Fecam), que sinalizou interesse no acordo com o Instituto paulista, que é parceiro da farmacêutica chinesa Sinovac na produção das vacinas no Brasil.
 
Maganin afirma que certamente a vacina vai ser escassa no inicio, e por isso vê importância em assinar o protocolo de intenções. “O mundo todo está atrás de vacina e a gente percebe o Governo Federal um pouco lento, o estado ainda não se manifestou e nós temos que sair na frente”, disse em entrevista ao programa Ponto Final, na rádio Som Maior. Ademir ressaltou ainda que não é possível saber quais vacinas o Brasil adotará. “Estou indo representando a nossa associação e acredito muito que estes protocolos vão possibilitar acelerar a aquisição das vacinas. Não sabemos ainda quais o Brasil vai adotar, podem ser pelo menos três a quatro vacinas adotadas pela Anvisa”, disse.
 
O Governo de São Paulo anunciou na segunda-feira, dia 7, que pretende começar a vacinar toda a população a partir de janeiro de 2021. A Coronavac é a vacina contra a Covid-19, mais próxima de ser disponibilizada no Brasil, embora ainda não tenha sido registrada na Anvisa, já que está finalizando a terceira e última fase de testes. Se concluído com sucesso, a marca pode dar entrada na obtenção do registro sanitário que possibilitará a disponibilização para a população.

Com a assinatura do protocolo de intenções, Santa Catarina, será um dos primeiros estados a ter acesso a vacina, após aprovação pela Anvisa.
 
A solenidade de assinatura do protocolo de intenções, acontece as 14 horas e após o evento, os presentes poderão visitar o Instituto Butantan e conhecer a sala de Crise COVID do governo São Paulo, no Palácio Bandeirante.
 
Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Contato direto
Comercial
Comercial