24/11/2020 às 18h56min - Atualizada em 24/11/2020 às 18h56min

Prefeito eleito Fernando de Faveri , participa do projeto Cidades do Sul, promovido pela Unesc

Ele foi o primeiro a participar do debate proposto em parceria com a Unibave e transmitido ao vivo na internet.

Foto: Divulgação.
A Unesc, em parceria com a Unibave, inciou nesta segunda-feira (23), o projeto “Cidades do Sul: desenvolvimento regional no cenário pós-eleição”. A ação consiste em encontros virtuais ao vivo com cada um dos 27 prefeitos eleitos da Região Carbonífera (Amrec) e Extremo Sul Catarinense (Amesc) para um diálogo sobre os projetos e direcionamentos propostos para o mandato.

O primeiro a participar do encontro mediado pela reitora da Unesc, Luciane Bisognin Ceretta, foi o prefeito eleito de Cocal do Sul, Fernando de Faveri. Fernando esteve ao vivo no debate que contou ainda com a participação reitor do Unibave, Guilherme Valente, e de convidados da Unesc.

Ampla discussão

Fernando de Faveri tem 46 anos, é casado e tem três filhos. Formado na graduação em Ciências Biológicas, o prefeito eleito é empresário em Cocal do Sul, onde fundou a Rádio Cocal. É membro da diretoria da Associação de Pais e Amigos dos Excepcionais (Apae) e participa de outros projetos comunitários. Na política, Fernando tem também extensa atuação. Ele foi Secretário Municipal de Saúde, Assessor Parlamentar e Gerente Regional de Saúde do Governo do Estado. 

Poucos dias após o término da campanha eleitoral, já com a vitória comemorada, Fernando trabalha na preparação para a atuação que se inicia de forma oficial no dia 1º de janeiro de 2021.

Conforme ele, a chegada ao cargo de prefeito do Município é um sonho antigo, trazido desde a infância. “Enquanto as crianças queriam ser bombeiros, médicos, eu queria ser prefeito, já aos cinco anos. Não sei bem de onde veio a ideia, mas eu me preparei a vida toda para isso. Eu sempre enxerguei o prefeito como uma pessoa especial que pode ajudar os outros. Diante disso estudei e me aperfeiçoei para que um dia pudesse representar a minha cidade, que tanto amo, com meu trabalho, meu esforço”, declarou acrescentando a honra de ser o primeiro participante da série de entrevistas.

As propostas que defendeu ao longo da campanha e pelas quais promete trabalhar, de acordo com Fernando, são oriundas da comunidade com quem pôde conversar ao longo de anos de preparação. “Nós buscamos criar um plano simples e viável. Montamos isso ouvindo as pessoas, porque a vida não acontece em Brasília, em Florianópolis ou muito menos no gabinete do prefeito. A vida acontece no bairro, na rua onde a gente mora. Acho que por isso alcançamos o êxito, porque gastamos muita sola de sapato e ouvimos as pessoas”, pontuou.

Entre as questões respondidas pelo prefeito eleito estiveram as temáticas de valorização dos profissionais da saúde, planos para o setor da educação, enfrentamento à pandemia, entre outros assuntos. O foco agora, conforme Fernando, está nos estudos para implementação de seus projetos e contatos constantes com deputados e senadores em buscas de verbas para investimento na cidade.

O período de transição de Fernando e sua equipe de trabalho, conforme o entrevistado, será iniciado já no dia 10 de dezembro data acordada com o atual prefeito da cidade, Ademir Magagnin.

A transmissão que marcou o início da série “Cidades do Sul: desenvolvimento regional no cenário pós-eleição” contou com mais de mil expectadores ao longo de quase duas horas de profícuo debate. O material pode ser assistido na íntegra no canal Unesc TV no YouTube.

Ao longo da semana a Unesc e o Unibave farão a divulgação da agenda completa de entrevistados para os próximos dias.

Confira a entrevista completa, abaixo. 





Colabração: Assessoria de Imprensa Unesc
Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Contato direto
Comercial
Comercial