19/11/2020 às 10h57min - Atualizada em 19/11/2020 às 10h57min

Ministério de Agricultura realiza oficina de capacitação para agroindústrias da região da AMREC e deixa CIM-AMREC a um passo do selo SISBI

Quem consegue o SISBI, tem autorização para comercializar seus produtos em todo o Território Nacional

Foto: Divulgação.
Na próxima semana, de 23 a 27 de novembro, as agroindústrias, os Responsáveis Técnicos (RT) e os veterinários das prefeituras da região dos 12 municípios da AMREC receberão uma capacitação do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (MAPA).
 
O evento é intitulado Oficina de Trabalho para orientação dos serviços de inspeção e das agroindústrias participantes do Projeto-piloto CONSIM 2020, e deve reunir ainda os atuais prefeitos e os eleitos em mais um passo para obtenção do selo do Sistema Brasileiro de Inspeção de Produtos de Origem Animal (SISBI).
 
A médica veterinária do Consórcio Intermunicipal Multifinalitário da AMREC, Mariah de Freitas Marques, lembra que foi realizada uma seleção entre 52 participantes do Brasil inteiro, onde 12 foram selecionados. O treinamento será importante para que agroindústrias da região façam a adequação necessária e preparação para receber o selo. “Das 39 pequenas indústrias da agricultura familiar da nossa região, cinco tem interesse e estão dispostas a fazer adequação para obtenção do SISBI, num primeiro momento”, ressalta Mariah. O treinamento vai abordar as boas práticas da fabricação de alimentos, análises dos alimentos, além de estar previsto a visita aos municípios e também agroindústrias.
 
“Não significa que as agroindústrias não estejam adequadas. Mas haverá um reforço das normas e nas práticas”, afirma a veterinária, lembrando que o trabalho para vaga na capacitação vem sendo feito desde a metade do ano passado, onde foram aprovados em três fases de seleção.
 
“O objetivo da oficina é adequar o Consórcio, o Serviço de Inspeção Municipal (SIM) e as agroindústria para receber o selo SISBI. Quem consegue o SISBI, tem autorização para comercializar seus produtos em todo o Território Nacional”, explica. Mariah  dá o exemplo, de uma agroindústria, que atenda uma grande rede de supermercados. “Hoje ela só pode vender nas lojas da rede que estão nos municípios da AMREC. Com o selo SISBI, poderá atender todas as lojas do Estado e até as que estejam fora do Território Catarinense”, ilustra.
 
A Epagri, que é parceira desde o início dos trabalhos do Consórcio, vê o momento como importante para desenvolvimento da região. “É um  momento de coroação de uma longa jornada de muito êxito, pois a adesão ao SISBI permitirá a permanência e desenvolvimento das Agroindústrias Familiares de Produtos de Origem Animal da Região Carbonífera, que a partir do Selo terão livre comércio em todo o Brasil”, comentou o veterinário da Epagri, Marcelo Pedroso.
 
 



Colaboração: Antonio Rozeng - Assessoria de Imprensa da AMREC
Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Contato direto
Comercial
Comercial