14/11/2020 às 16h45min - Atualizada em 14/11/2020 às 16h45min

​13.806 eleitores aptos a votar em Cocal do Sul

São sete locais de votação no município para os eleitores escolherem o sucessor ou sucessora de Ademir Magagnin no executivo.

Ana Paula Nesi
Foto: Ilustração
Segundo dados do TSE, neste domingo, dia 15 de novembro, 13.806 eleitores divididos em sete locais de votação poderão escolher quem sucederá o atual Prefeito Ademir Magagnin no Executivo Sul-Cocalense.
 
Os maiores são o Padre Schuler, no centro com 3151 eleitores, seguido pela Francisca Búrigo no Jardim Elizabeth com 2936 e o Demétrio Betiol no bairro Brasilia com 2836 votantes.
 
As medidas sanitárias de cuidado com a pandemia de covid-19 incluiu na eleição deste ano, a extensão em uma hora no horário de votação.
As sessões serão abertas as 7 horas e até as 10 horas da manhã serão reservadas preferencialmente para o voto de pessoas com mais de 60 anos.
Segundo o TSE, são 2811 eleitores com mais de 60 em Cocal do Sul, o que representa 20,35% do total do eleitorado. Atualmente, o voto não é obrigatório para as pessoas que possuem mais de 70 anos, conforme rege a Constituição Federal, então em Cocal do Sul, 1077 pessoas não precisam comparecer as urnas se assim escolherem.
 
São nove vagas para o legislativo de Cocal do Sul e três candidatos concorrem ao executivo:
  •  Adriano Possamai Della pela Coligação “Nossa coligação é com o povo sul cocalense”;
  • Aninha Scarpato pela Coligação “Cocal em Progresso”; e
  • Fernando de Fáveri  pela coligação “Trabalho e experiência a serviço de Cocal do Sul”.
Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Contato direto
Comercial
Comercial