14/08/2020 às 20h19min - Atualizada em 14/08/2020 às 20h19min

Prévia do PIB mostra queda de mais de 10% no segundo trimestre

Apesar da alta no mês de junho, de 4,89%, em comparação com maio, índice de atividades econômicas aponta para recessão técnica no Brasil

R7
     O Banco Central divulgou nesta sexta-feira, dia 14, a chamada prévia do PIB (Produto Interno Bruto). Segundo o Índice de Atividade Econômica (IBC-Br), há sinais de recuperação em junho, com elevação de 4,89% na comparação com maio, mas o país deve entrar em recessão técnica.
     É um respiro em meio à pandemia, mas fica longe de reverter as perdas acumuladas por causa da crise sanitária e a consequente paralisação das atividades econômicas. O segundo trimestre, encerrado em junho, registra -10,94%.
     Em relação ao mesmo mês do ano passado, o IBC-BR mostrou redução de 7,05%. Se for confirmada a queda no índice oficial do PIB (soma de todas as riquezas produzidas no país), será o segundo trimestre consecutivo com redução (entre janeiro e março, retração de 1,5%), o que caracteriza a recessão técnica. 
     A divulgação do PIB oficial cabe ao IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística), e está marcada para 1º de setembro.
No início da semana, os economistas do mercado financeiro alteraram suas projeções para o PIB de 2020.
     Conforme o Relatório de Mercado Focus, a expectativa para a economia este ano passou de retração 5,66% para queda de 5,62%. Há quatro semanas, a estimativa era de baixa de 6,10%.

Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Contato direto
Comercial
Comercial