28/06/2020 às 12h16min - Atualizada em 28/06/2020 às 12h16min

Obra de estabilização do talude do Rio Tigre é realizada no Jardim Elizabeth

No total, 192 metros de margem receberão reforços contra erosão

Ana Paula Nesi
Foto: Geison Pazeto
     Começou a pouco mais de duas semanas a obra de estabilização de taludes do Rio Tigre, no trecho entre as avenidas Chapecó e Fernando Furlan, no bairro Jardim Elizabeth. Segundo o secretário municipal de infraestrutura e desenvolvimento rural, Valdecir Sangaletti, serão 192 metros de margem que receberão reforços contra erosão. “A estabilização será realizada com gabião caixa nos dois lados da calha do rio. Essa obra terá um valor de R$ 574.365,22”, afirmou.
     Segundo licitação, serão utilizados 1.061,06 M³ de gabiões caixa. Esses gabiões são feitos em fios de aço preenchidos com pedras e colocados no talude de um rio visando barrar a erosão causada pela água, principalmente em dias de cheias.
     Para Geison Pazeto, que tem o rio passando por trás de sua residência e mora no bairro há 36 anos, a obra é uma grande conquista para todos. “Eu vejo a luta e o sofrimento dos moradores com as cheias, às vezes vendo um pedaço do lote indo abaixo. São 12 anos em que batalhamos por essa obra tão sonhada e o dia chegou”, declarou ele que além de acompanhar a obra, está trabalhando nela.
     A pior cheia ocorreu em janeiro de 2011, aonde a erosão pela força da agua chegou a interditar uma casa nas margens do rio. A construção foi totalmente retirada para o inicio das obras e o terreno serve hoje, como acesso para as maquinas e caminhões.
     A empresa responsável pela obra é a Etec Construção e Terraplanagem Eireli e foi escolhida através de licitação por menor preço.



Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »

Qual melhor candidato?

55.6%
25.6%
18.8%