Lista Telefônica
Lista Telefônica
Adicionar contato
Adicionar
Contato
Home >> Notícias

Legenda

Jair Bolsonaro convida Luciano Hang para ser candidato a vice-presidente - 09/01/2018

Contato do deputado com o empresário aconteceu no domingo, 7
 
Após a coletiva de imprensa realizada na sexta-feira, 5, em que anunciou a possibilidade de candidatura na eleição deste ano, o empresário brusquense Luciano Hang, dono da rede de lojas Havan, está sendo procurado por vários partidos e pré-candidatos.
 
No domingo, 7, quem entrou em contato com o empresário brusquense por telefone foi o deputado federal Jair Bolsonaro (PSL), que é pré-candidato à Presidência da República. Fontes próximas ao empresário confirmam o convite do deputado para que Hang seja seu candidato à vice-presidência.
 
O empresário está analisando o convite, já que tem prazo até meados de abril para se filiar a um partido e confirmar candidatura. Hang está vendo com naturalidade a procura dos partidos por seu nome e afirma que “está aberto a conversas e analisando todas as propostas”.
 
Na sexta-feira, Bolsonaro anunciou sua filiação ao Partido Social Liberal (PSL) e, com isso, passa a ser o pré-candidato do partido à Presidência da República. O anúncio da filiação foi feito em conjunto com o presidente do partido, Luciano Bivar.
 
Em nota divulgada à imprensa, Bolsonaro afirma que considera “prioridades para o futuro do país”  o pensamento econômico liberal, o direito à propriedade privada e a valorização das Forças Armadas e de segurança. O PSL será o sétimo partido do deputado ao longo de sua carreira.
 
Especulava-se que o presidente do PSL havia pedido a Bolsonaro o cargo de vice em sua chapa, entretanto, ele negou. “Negativo, isso está em aberto, pode ser qualquer um, até mesmo você”, disse ao repórter do jornal Valor Econômico.
 
Bolsonaro cumpre, atualmente, o seu sétimo mandato na Câmara dos Deputados. Na eleições gerais de 2014, foi o deputado mais votado do estado do Rio de Janeiro com apoio de 6% do eleitorado fluminense (464 mil votos).
 
“É preciso ser radical”
 
Hang já demonstrou por várias vezes ser alinhado ao pensamento de Bolsonaro, considerado um político radical. Na coletiva de sexta-feira, o empresário afirmou que é preciso ser radical para poder fazer as mudanças que o país precisa.
 
“Se você tem o país virado de cabeça pra baixo, pra virar de cabeça pra cima tem que ser radical, tem que fazer muitas mudanças, senão, não vamos sair do lugar”.
 
Em setembro ano passado, Hang divulgou um vídeo nas redes sociais em apoio ao general Antonio Hamilton Mourão, que defendeu a intervenção militar no país.
 
Bolsonaro, em entrevista ao site O Antagonista, no mês de outubro, afirmou que vai governar com a ajuda dos militares e já teria uma lista de cinco generais como prováveis ministros. Um dos nomes cotados é justamente o do general Mourão.
 
“Não há a menor dúvida (de que Mourão terá vaga no meu governo). Ele é aquela figurinha carimbada”, declarou.
 
 
Foto: Divulgação
 
Fonte: Bárbara Sales - O Municipio