Lista Telefônica
Lista Telefônica
Adicionar contato
Adicionar
Contato
Home >> Colunistas

Legenda

O mundo é do pobre - 02/04/2018

“Só os mendigos conseguem contar suas riquezas.”(William Shakespeare)

O pobre deveria ser exaltado, aplaudido e ovacionado. O pobre deveria ser homenageado com seus nomes em estádios, hospitais e em grandes construções. O pobre deveria ser valorizado e ser motivo de orgulho para o país. O pobre é a essência do humanismo, pois é ele quem consagra o rico e, ainda por cima, passa por necessidades que o rico não passa.

É de praxe em alocuçõespolíticas a promessa de acabar com a pobreza.Mas, como o mundo pode funcionar sem os pobres? E, se eles não existissem, quem iria sujar as mãos? Pois o pobre move o mundo. O podre liga as máquinas, o pobre instala água, energia e gás.O pobre planta e colhe os alimentos, o pobre constrói casas, o pobre presta os primeiros socorros e leva para o hospital, o pobre recebe o paciente na emergência, o pobre faz a cova e constrói o túmulo, o pobre faz a segurança, o podre serve.

Deveriam dar dignidade ao pobre, a dignidade de poder sustentar sua família, de poder ter estudo e saúde de qualidade. Mas, ao invés disso, o pobre é tratado com indiferença. Ser chamado de podre deveria ser motivo de orgulho, pois é ele quem faz acontecer.

O governo pretende ser cada vez maior e exprimir o pobre, usando de migalhas para simularem que se importam. Ele dificulta o estudo do pobre para que ele fique calado e fique onde está, de modo a não os confrontar. Mas eles não imaginam o que o pobre é capaz de fazer com migalhas, pois o pobre é forte e destemido, o pobre é fechado, o pobre ajuda o outro. Enquanto lá em cima eles se destroem, aqui em baixo o pobre se une.

O pobre é feliz e sabe viver, pois, faz tudo isso e ainda tem tempo para família e lazer, tem tempo para revigorar sua fé, o pobre canta e dança, o pobre bebe umas a mais no final de semana, mas, na segunda-feira, o pobre está lá para servir.

Como diz o livro mais antigo do universo: alguns fingem ser ricos, mas não têm nada. Outros fingem ser pobres, mas têm muitas riquezas.

O pobre é tão humano que não sabe responder quando perguntam o que ele faria se ganhasse na Mega-sena, e, quando sabe responder, ainda sobram 98% do dinheiro. Ele não quer muito, só quer o suficiente.

Agradecimentos

Quero agradecer a ILumi Gesso que resolveu apostar no meu trabalho patrocinando minha coluna e incentivando a cultura. Empresa está que vem realizando o sonho de muitas pessoas levando praticidade, qualidade e durabilidade para a cidade de Criciúma e região, pois conta com excelentes profissionais para o que você necessita em sua obra. Para que ficar correndo atrás de colocador de piso, eletricista, pintor e gesseiro feito louco? Liga para ILumi Gesso! Você sonha, a gente realiza.