Lista Telefônica
Lista Telefônica
Adicionar contato
Adicionar
Contato
Home >> Colunistas

Legenda

Schambeck entrevista Paty Macalossi Garcia - 06/03/2018

No Brasil, há quem creia na evolução através da reencarnação.  Não discuto religião...  Eu só quero é respeito ao cidadão!

A lei da atração nos diz que o ser humano atrai o que pensa e propaga. É como as ondas, provocadas por uma pedra qdo lançada num lago. Só que nesse caso, em sentido contrário. Isso se explica pela física quântica, onde tudo é energia. A matéria é energia, guardada nos átomos que a constituem.  Agora eu pergunto: o que fazer frente a uma injustiça social? Não dá para ficarmos inertes, fingindo que não é conosco e indo segunda, quarta e sexta para a aula de yoga. Pensar positivo, é também agir de forma impositiva no que tange à aquilo que está a nossa volta.  Uma vez eu ouvi de um pregador: “o lugar onde estão guardados os sonhos mais bonitos é no cemitétrio de cada cidade”. Nunca mais esqueci aquilo. A vida de fato passa rápido, e “pensar” exige esforço. Vai além do abecedário. A vida não volta, mas dá voltas. Deixar de sonhar é adoecer. Deixar de lutar é morrer.  Talvez tenha me cansado dos mantras. Ou talvez seja necessário errar tentando, que apenas ficar positivando. O fato é que 2018 chegou, trazendo consigo outro verão e a ilusão da transformação: mas ainda há quem, nesse chão, padeça por falta de pão...

Em homenagem ao Dia Internacional da Mulher, Schambeck entrevistou a reconhecida Paty Macalossi Garcia:

Com desenvoltura e descontração, a reconhecida confeiteira fumacense concedeu entrevista na Rádio Estação no último sábado. Schambeck a indagou sobre vários temas. Chamou atenção dos ouvintes o relacionamento com Deus que Paty possui. De fato, uma excelente pessoa...

ALÔ CONSELHEIRO, NÃO ME PEÇA MAIS CONSELHO...

"Contei meus anos e descobri que terei menos tempo para viver daqui para frente do que já vivi até agora. Sinto-me como aquela menina que ganhou uma bacia de jabuticabas. As primeiras, ela chupou displicente, mas percebendo que faltam poucas, rói o caroço. Já não tenho tempo para lidar com mediocridades. Não quero estar em reuniões onde desfilam egos inflados. Não tolero gabolices. Inquieto-me com invejosos tentando destruir quem eles admiram, cobiçando seus lugares, talentos e sorte. Já não tenho tempo para reuniões intermináveis para discutir estatutos, normas, procedimentos e regimentos internos. Já não tenho tempo para administrar melindres de pessoas, que apesar da idade cronológica, são imaturos. Não quero ver os ponteiros do relógio avançando em reuniões de 'confrontação', onde 'tiramos fatos a limpo'. Detesto fazer acareação de desafetos que brigaram pelo majestoso cargo de secretário geral do coral. Lembrei-me agora de Mário de Andrade que afirmou: 'as pessoas não debatem conteúdos, apenas os rótulos'. Meu tempo tornou-se escasso para debater rótulos, quero a essência, minha alma tem pressa... Sem muitas jabuticabas na bacia, quero viver ao lado de gente humana, muito humana; que sabe rir de seus tropeços; que não se encanta com triunfos e não se considera eleita antes da hora; que não foge de sua mortalidade; que defende a dignidade dos marginalizados, e deseja tão somente andar ao lado do que é justo. Quero caminhar perto de coisas e pessoas de verdade, desfrutar desse amor absolutamente sem fraudes; isso sim nunca será perda de tempo.' O essencial faz a vida valer a pena (Rubem Alves).”

 

Abraço da semana:

Olaria da alma

Jesus Cristo: 1. Pregou a paz; 2. Ofereceu a outra face; 3. Sua “política” era o bem comum; 4. Seguido por multidões; 5. Ajudou a todos, que nele buscavam guarida e proteção. Sua recompensa: Foi traído, perseguido, humilhado e crucificado... Sua resposta: VENCEU A MORTE.